Breve crónica do acto de Estaleiro no Gomes Gaioso

Dezembro 11, 2008

gomes-gaioso-010No Centro Social Gomes Gaioso, em Monte Alto, A Corunha, celebrou-se, no passado dia 22 de Novembro, um acto em que estiveram presentes vários membros de Estaleiro Editora com uma selecção da sua incipiente produção, e em que se apresentou o livro A Revolução pendente. Feminismo e democracia.


Antes do começo do acto a Editora oferecia os seus bens culturais a preços económicos.

Às 20:00 organizou-se uma mesa conformada por três pessoas, o autor de A Revolução pendente. Feminismo e democracia, Carlos Diegues, Iria Sobrino representando a Estaleiro Editora e o representante do próprio centro social, Ramiro Vidal, que fez uma breve apresentação para inaugurar o evento.

Iria Sobrino realizou achegou ao público o projecto editorial, explicando as suas origens, funcionamento e o seu caracter plurinormativo. A continuação, C. Diegues embarcou-se numa descrição da trajectória do livro, seguida de uma aproximação geral do pensamento crítico feminista, incidindo, ao final, na praxe deste aparato teórico, produto das múltiplas modificações que experimentou o feminismo na última metade do século XX. Fruto das suas conclusões, suscitou-se um interessante debate.

Para ler a notícia deste acto no blogue do C. S. Gomes Gaioso, aqui.

gomes-gaioso-007gomes-gaioso-005

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: