As missons pedagógicas de Estaleiro em Pardinhas

Agosto 5, 2008

As missons pedagógicas de Estaleiro também fôrom ao Festival de Pardinhas 2008. Ali, partilhámos mesa com o material do Centro Social Madia Leva.

Os livros sobrevivêrom aos combinados, à calor e à poeria. Tivemos muito trabalho no balcom e ficou um bocado desatendido o posto.

Contudo, passou por ali Mero e, apertando a mao de Marcos Abalde, deu muito ánimo para continuarmos com projectos tam necessários e ilusionantes. Mini estava detrás dele e, ao ver o titulo da Revolução Pendente, começárom a sair da sua espessa barba centos, por nom dizer milhares, de borboletas que formárom uma nuvem ao nosso redor, deu-nos os parabéns, comprou o livro e com um sorriso na boca começou a cantar Língua proletária do meu povo. A gente flipava.

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: